Lentamente faz o que te digo


"Lambe-me os seios
desmancha-me a loucura
usa-me as coxas

devasta-me o umbigo
abre-me as pernas
põe-nas nos teus ombros
e lentamente faz o que te digo..."


Maria Teresa Horta

...e eu aqui, ao abandono, a delirar! A deixar a mente divagar por corpos que nem conheço, por tardes quentes de verão, por amores ao som do vento, por desejos satânicos, instintos carnais.

Era só um orgasmo com aquele gostinho a eternidade que nos fica preso à pele...era só um orgasmo!...
Um orgasmo e alguem interessante, disponivel, com sentido de humor, com mãos lindas, que fosse lindo aos meus olhos, me encantasse, me desencaminhasse, que lhe corresse no sangue a loucura sexual (daquele tipo cheiinho de imaginação),que fosse bom na cama, que tivesse como principio "primeiro as senhoras", que não desistisse mal conseguisse, que fosse carinhoso, ternurento, com uma veia artistica, que gostasse de dançar, etc etc etc... e gostasse de mim...que devagar fizesse o que lhe digo...

0 comments:

Postar um comentário


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo