, , , ,

Liberando o gozo


Ele sabe de mim



Saudades daquele meu homem, do seu beijo carnal, safado, do seu caralho latejante, afoito, insaciável quando dentro de mim. Vontade daquele seu abraço total, comprimido, esfregado pela entrega da tesão.
Nada o fazia sossegar naquele momento em que possesso pelo desejo nunca conseguiu parar no meio do caminho. Ele queria a continuidade, me possuir até com uma certa agressividade em suas estocadas.
Vontades daquele seu jeito sabedor das minhas manhas e ele ia percorrendo meus caminhos com seus lábios, a língua deslizando, provando sabores, ele sabe de minhas reações, conhece meus gemidos, ele sabe fazer-me, que não basta apenas lamber minha buceta, que é preciso movimentar sua língua e endurecer meu grelo, suga-lo para que possa alcançar-me antes de enterrar-se dentro de mim, ele sabe como matar-me de prazer, pois, não é um macho pela metade, ele sabe fazer os temperos, me organizar, para valer seu caralho duro dentro de mim.

Agora vem todo e adentra desbravando-me a fenda, despeja seu desejo e encha-me com seu gozo, deleite-se entre minha pernas.


2 comentários:

  1. gerir a saudade já é complicado...assim, então!
    ^.~

    ResponderExcluir
  2. A saudade vem de razões mais complexas, pois, vai além de afinidades sexuais. No caso dessa saudade da Amante, ela vem de estruturadações mais profundas, o que faz com que o prazer dessas relações sejam maximinizados.

    Bjuuu

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo