,

Comendo com o olhar

XI


Nunca vi nem senti olhar forte como aquele: pegava-me pelos braços, encurralava-me num canto, exercia encanto e poder, levantava-me o vestido, fazia-se temido e irresistível em sequência delirante, impregnava-me de perfume, respirava-me sem cessar, apertava-me a cintura, erguia-me pelos quadris, enlouquecia-me sem beijar, invadia-me sem penetrar fazendo círculos de língua no pescoço.

Ladrão de fôlego. Renda colada na coxa. Era o mar.
De total obscenidade, vestia comentários,
imaginários e mármores.
Nunca vi nem senti olhar forte como aquele: virou-me
as entranhas do avesso, sem tocar.

Sem tocar.

Erica Maria

4 comentários:

  1. A comunicação entre olhares tem um poder avassalador... não só no sexo como num qualquer diálogo quotidiano.

    ResponderExcluir
  2. Eros
    Há olhares que dizem tudo sem o auxílio de palavras. Há olhares tão penetrantes que sentimos como se tivessemos sendo tocadas.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi boa tarde
    nosso blog trabalha com divulgação de link do meio adulto gostaria de levar este post para la depois se tive interesse entre em contato pois seu blog nao permiti copiar
    erossexuality@hotmail.com.br
    @erossexualitybr

    abrços

    Eros
    http://sexualitybr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eros (sexuality)
    Enviarei um e-mail para combinarmos como fazer ok?
    Obrigada pela preferência.
    Um beijo

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo