, , ,

Dominação e violência


Passa o mouse na imagem

Situação em que a mulher se coloca voluntariamente (?) à mercê de vários homens de uma forma sórdida e humilhante talvez, motivada por um desejo sexual doentio ou possivelmente pela exigência profissional da indústria pornográfica. Eu como mulher e feminista me custa acreditar e quanto menos aceitar que isto seja induzido apenas pela tesão. Nenhum animal em sua irracionalidade aceitaria sujeitar-se a imposições contra sua natureza a não ser sob forma persuasiva porque ele se sentiria agredido ao ser privado da liberdade de fazer sexo que não seja na sua forma intuitiva e natural, porém, nunca voltada para a bestialidade por mais irracionais que eles sejam.

A DIGNIDADE HUMANA É O LIMITE DE TUDO
 .
MULHER - brinquedo sexual - "glamourização"da dominação e violência.

Se você usa o Internet Explorer pode ser que não perceba o efeito 3D da imagem porque ele impede ou distorce algumas funcionalidades ou algumas apresentações produzidas por ferramentas mais avançadas. Para melhor visualiza-los e ler o texto no verso da imagem utilize o Firefox ou Google Chrome.

Erotismo & pornografia

O erotismo é aceito. A pornografia é condenada, embora, muitas vezes, o erotismo de hoje seja a pornografia de ontem. Essa palavra, criada em 1769, significava originalmente tratado sobre prostitutas (pornê: prostituída; graphê: escrita), e mais tarde passou a incluir qualquer texto especificamente destinado a despertar o desejo sexual.

Entretanto, alguns grupos feministas passaram a considerar pornográfico todo material erótico que levasse à degradação das mulheres. No final da década de 70, foi criada nos Estados Unidos uma legislação antipornográfica que aplicava o termo pornografia somente ao que, de forma sexualmente explícita, desumanizava as mulheres e glamourizava a dominação e a violência.

Trecho de O Livro do Amor, de Regina Navarro Lins.
Lançamento: 2012

.
Pode comentar, pode discordar, não é obrigado a aceitar, aliás, penso que ninguém deve fazer ou falar o que não quer. Há que valer o bom senso e a liberdade de expressão. Faça como eu, argumenta e coloca em pauta as fronteiras onde delimita sua dignidade e seus pontos de vista.
Amante

5 comentários:

  1. Sou um pornógrafo, então!

    hehehehehe

    Beijos e vê se não some...

    Tb quero te "intimar" para participar da campanha no meu blog chamada OUTUBRO ROSA!

    Estou esperando vc no meu blog:

    www.desejoshotspot.blogspot.com

    beijosssss

    HOT SPOT NO MSN:

    hotspotonline@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Sim acho que pode chamar de porno íntimo...heheheh

    Mas tb concordo que é relativo...

    Vou adorar sua foto e ficarei muito lisonjeado...

    Beijosssssss

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Hot Spot
    Certamente, se é que se pode chamar de pornô uma relação bem apimentada a dois com direito a experimentar modalidades sem que sejam doentias pelo menos ao meu ponto de vista.
    Não que eu seja carregada de "não me toques" ou "frescuras" e espero que vc esteja me entendendo pelo que está colocado no texto. É por aí mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Esta foto é demasiado violento...
    Uma mulher tem que ser tratada com carinho e meiguice...é a minha forma de estar na vida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Lynce
    Não posso acreditar que pessoas assim possam conseguir uma vida equilibrada afetivamente e sexualmente. Reporta-me a impressão de que estão irremediavelmente com seus valores destorcidos rumo a um caminho sem volta.

    Bejoooo

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo