, , , ,

A incompletude do sexo

 ,
 .
Egon Schiele
O melhor sexo, o que nos safistaz em corpo e espírito é sem sombra de dúvida aquele feito a dois. E no mais, apesar da importância dada, são apenas momentos de diversão com poucos valores para a soma de nós mesmos o que muitas vezes nos levam a uma insatisfação inquietante e, a novas e interminaveis buscas.


O erótico me seduz e atrai, o gozo me trás plenitude carnal, porém, a banalidade do sexo que vejo em alguns espaços do Blogger onde o vulgar comum impera, me satura e enoja pela repetição imposta. Sem hipocrisia, porque quando quero ver putaria pornô - eu escrevi "quando" - procuro RedTube ou PornHub que é do ramo e alguns filmes me fazem a cabeça.
Gosto do lado sensual e sexual dos seres e do meu. Tento fazer dos meus textos algo carregado de desejos úmidos, descrevo orgasmos sem o apelo visual ou da descrição surreal de múltiplas sensações, do esperma derramando bocas ou garganta abaixo e no meu pensar este ato é melhor partilhado com uma pessoa em especial, pois que os excessos que não dão estruturas afetivas podem estar sendo vulgarizado pela influência criativa que a indústria pornográfica promove. A "coisificação" da mulher e do sexo tem uma certa indução movida pela pornografia comercial.
Abro um parêntese dedicado às pessoas comuns e que dividem o tempo construindo seu dia-a-dia, que sonha, ama, chora, trabalha, que também trepam gostoso e que formam outros seres para a vida. No mais... é apenas um momento de diversão que muitas vezes pode levar a uma insatisfação inquietante e incomoda de vazio. Ai vem a incompletude inconsciente, um querer mais e sem fim por uma busca da definição de si mesmo colocando seus próprios limites num desafio que muitas vezes leva ao desvio da sua essência ou a sua descaracterização como ser, numa ânsia interminavel colocando em xeque seus extremos.

Gosto da literatura erótica como a de David Mourão_Ferreira,

"é nesse ponto de tuas coxas
que o meu pescoço implora a forca
… agreste gosto de húmida polpa
o que dissolvo dentro da boca"

Maria Teresa Horta

"Desperta-me de noite
 o teu desejo
 na vaga dos teus dedo,
 com que vergas o sono
em que me deito."


 Erica Maria,

"É que eu quero beijos, danças de línguas, língua na nuca.
E eu não me detenho, contenho, essa vadiagem me invade, chegou comigo, não quer me dar paz.
Por isso venha aqui homem!"

.
Gosto do sexo a dois, quando o encontro ronda a proeza, feita com a paixão do olhar que desperta e alimenta a tesão, que aflora nas pupilas e explode no tremor dos lábios numa busca do que há de mais profundo, que arde em gestos. Gosto do "depois" do sexo, do outro dia, poder acordar com meu homem, tomarmos um café da manhã e concluirmos aquela conversa séria interrompida por nossos impulsos, agora sem pressa ou urgências, trocar segredos com cumplicidade e torna-los exclusividade nossos, pode acontecer de recomeçarmos para novas sessões, tomar banho juntos usando o mesmo sabonete, explorar nossos corpos com mãos ávidas, lábios sem freios, "fazer arte", experimentar posições inéditas com nossas curvas, transcender nossos limites. Quero fazer uma suruba com seu lado A B ou C. Transbordar. Percorrer caminhos, trieiros, vales, picos, flutuar no côncavo e convexo de nossa carne, revelar poros, exceder de uma certa forma que terei saudades de você quando se for e estiver distante, que seja obsceno ao mandar-me flores que insinuam maliciosamente minha anatomia íntima, fazendo-me arder de vontade de você novamente e que sejamos um único pretexto mútuo até o próximo beijo, que até já sinto um desejo de te tocar pois qualquer minuto é muito e toda a pressa é pouca.

Amante

6 comentários:

  1. o melhor sexo e o que se faz!
    BJSSS
    boa semana
    Leo.SeximaginariuM

    1 de dezembro Dia Mundial de Combate à Aids
    Cuide-se Bem!

    ResponderExcluir
  2. Excelente narrativa, concordo em genero, numero e grau.

    Beijo_____incongruente !

    ResponderExcluir
  3. LEO querido, o melhor sexo nem sempre pode ser aquele que fazemos, principalmente quando dependemos de alguém para partilhar. Às vezes pode ser frustrante para quem espera milagres fora da condição humana, ou que tem um cronograma traçado por suas exigências com grandes expectativas sobre o outro.

    Grande beijo e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  4. JOTA ENE
    Às vezes posso não ser entendida no meu raciocínio sobre o sexo. Sou sincera comigo mesma e não vou entrar em algum esquema ou tabelinha com regras à cumprir. Escrevo a minha opinião independente de idéias contrárias ou impostas por algum sistema social. Não ando na moda. Comportamento é algo muito complexo.

    Beijos morosos.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Bill Carson.

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo