, ,

Vontades



Naquela manhã, no banho morno e demorado enquanto a água corria por meu corpo, também trazia com ela a lembrança da nossa noite.
Debaixo do chuveiro, minha sensação era a de que você me percorria em cada gota e... como se eu o bebesse, tomei daquela água que descia pelo meu rosto.
Em minha boca ainda perdurava o gosto doce do seu beijo misturado ao hálito quente do nosso vinho.
Já estava diante do espelho, quando o senti aproximar-se e com seus braços enlaçar-me por trás fazendo com que nossos corpos encostassem pele a pele.
E pelo espelho nossos olhos se olharam, os seus me envolviam e por eles enxerguei tudo o que quis dizer. Beijava-me os cabelos na curva do pescoço, como se buscasse novamente o meu cheiro guardado.

Eu ainda sonhava?
Era nosso olhar, dizendo tudo sem o auxílio das palavras.

Não vamos então, burlar nossas vontades...
e... por que não recomeçar?

vamos...!



Amante  

4 comentários:

  1. adoro cada vez mais este espaço..irei sempre passar e a cada post novo comentar. ui esse banho prometeu querida

    Mil beijos de charme em voce

    ResponderExcluir
  2. Perfeitas estas palavras... perfeitas!

    ResponderExcluir
  3. Deliciosamente excitante e apaixonado.
    Adoramos tudo isso!

    Doces e molhados beijos nossos.
    Rubra e Zé

    ResponderExcluir
  4. Um casal liberal19:55:00

    Quando chagará o dia em que a sociedade aceita que nós, mulheres, possamos satisfazer as nossas vontades sem que sejamos criticadas. Os direitos iguais, entre homens e mulheres, não passa de uma farsa, pois, enquanto é tolerado que um homem casado tenha uma ou mais amantes, se houver conhecimento que uma senhora casada tem um relacionamento extra-conjugal, essa senhora é normalmente excluída da maioria dos convívios sociais, por ser considerado uma mulher mal comportada. Onde está portanto a igualdade entre os sexos? No meu caso tenho um casamento aberto com o meu marido, relacionamo-nos sexualmente com parceiros diferentes sempre que nos apetece, normalmente na presença um do outro, porém algumas vezes isolados, o que sucede com um numero de casais muito superior ao que alguém possa imaginar, no entanto é um procedimento secreto, conhecido apenas por um grupo de amigos também participantes, pois caso contrário eu seria vista como uma pega ou prostituta e o meu marido corno manso, por consentir que a esposa tenha relacionamentos sexuais com outros homens, não sendo contudo criticado se for ele a praticar sexo com outras mulheres.

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo