,

Antecipação

Entreabro as minhas
coxas
no início dos teus beijos


imagino as tuas
pernas
guiadas pelo desejo


ouço baixo o teu
gemido
calado pelos meus dentes


imagino a tua boca
rasgada
sobre o meu ventre
Maria Teresa Horta





Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa, a 20 de Maio de 1937. Depois de ter freqüentado a Faculdade de Letras, ingressou no jornalismo, tendo sido coordenadora, durante três anos, do suplemento “Literatura e Arte”, do jornal A Capital.
A sua obra encontra-se marcada por uma forte tendência de experimentação e exploração das potencialidades da linguagem, numa escrita impetuosa e frequentemente sensual. Uma doce mulher com versos mais doces ainda…

3 comentários:

  1. Extremamente sensual e de muito bom gosto. Adoro ler-te menina.

    Beijo In_Correto!

    ResponderExcluir
  2. A sedução não é fruto recente dos dias de hoje... Isso é mais que sabido!
    Mas nada nos é novidade, mas muita coisa nos excita, nos surpreende, nos faz viajar...
    Somente uma amante como tu, poderia vislumbrar-me com tais palavras, mesmo não sendo tuas!
    LINDA!!!

    Beijos

    DF

    ResponderExcluir
  3. Mulher que ama fica humida... e faz muito bem, rs

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo