,

Ilha



.
.
.
Deitada és uma ilha.  E raramente
surgem ilhas no mar tão alongadas
com tão prometedoras enseadas
um só bosque no meio florescente

promontórios a pique e de repente
na luz de duas gêmeas madrugadas
o fulgor das colinas acordadas
o pasmo da planície adolescente

Deitada és uma ilha.  Que percorro
descobrindo-lhe as zonas mais sombrias
Mas nem sabes se grito por socorro

ou se te mostro só que me inebrias
Amiga amor amante amada eu morro
da vida que me dás todos os dias


David Mourão-Ferreira



Foto de Stanmarek

7 comentários:

  1. Porque toda mulher é uma ilha. rsrs... Nunca se sabe por onde andas o pensamento de uma mulher, o homem que a tenta desvendar adentra esta ilha e passa a dar voltas e voltas na ilha sem conseguir escapar e isso leva a loucura.

    E só a mulher-ilha é capaz de mostrar as coordenadas para que o homem escape.

    Beijos Amante.
    Conde.

    ResponderExcluir
  2. uma mulher como essa teria q me "das todos os dias"

    Boa semana!
    LEO
    Contra a homofobia: defenda a cidadania!
    www.seximaginarium.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. No fascínio dos vales, na suavidade das colinas, nos contornos das brisas, deixo que se perca o meu olhar, até que o desejo me faça cerrar as pálpebras...


    Beijos_nus
    AL

    ResponderExcluir
  4. Que lírico.. e belo. Arte.

    Obrigada pelas visitas!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Hi, your site is great,

    Could you exchange link with me?
    here is my site:

    http://asianteenager.blogspot.com/
    http://phalla19.blogspot.com/

    ResponderExcluir


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo