, ,

Fodendo na cadeira


A criança de apenas alguns meses dormia tranquila numa pequena maca ao lado. O farmacêutico sentou-se em uma cadeira e a mãe, uma loba no cio, sentou-se em seu forte e grande pau e rebolou tudo que sabia, tudo que podia, tudo que queria. Só chegou em casa quando o dia amanhecia e o marido voltava do trabalho noturno.

Tive que correr com ela pra farmácia e ficar lá até a febre abaixar
Me dá ela aqui... diz pro papai: porque essa mocinha mais linda só passa mal quando o papai está trabalhando? Bejim papai, bejim papai...

0 comments:

Postar um comentário


Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Este espaço aborda o erotismo e assuntos relacionados com a sexualidade, mas, não explora a pornografia.

Comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos serão deletados, aqui prevalece a ética e o bom senso dos leitores.
Um beijo